Início » Artigos » Educação Alimentar » Alimentos fritos: conheça alguns motivos para ficar longe

Alimentos fritos: conheça alguns motivos para ficar longe

Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

É quase impossível resistir à uma fritura. Somente a foto de uma porção de batatas fritas já é o bastante para deixar qualquer um com água na boca. E, por mais que todo mundo já saiba que comidas fritas fazem mal à saúde, é sempre muito difícil conseguir evitá-las por completo.

Então, para compreender mais esses inimigos que são tão saborosos, é preciso compreender exatamente quais são os malefícios dos alimentos fritos. É mesmo necessário evitá-los por completo? Ou existem opções para substituir e até deixar as frituras menos prejudiciais?

Confira as respostas aqui:

Quais são, de fato, os malefícios das frituras para a saúde?

Alto número de calorias

Photo credit: the undergraduate via Visual Hunt / CC BY-NC-ND
Photo credit: the undergraduate via Visual Hunt / CC BY-NC-ND

Um dos grandes problemas das frituras é a elevada temperatura a qual o óleo é exposto. Essa mudança desencadeia uma série de alterações na sua forma química, saturando os seus ácidos graxos e até mesmo transformando-os em gorduras trans. Ambas as substâncias aumentam gravemente o mau colesterol no sangue, o que pode causar diversas doenças a curto e longo prazo.

Eliminação dos nutrientes do óleo

Elevar o óleo para fritar à altas temperaturas traz outros prejuízos à substância. Além das mudanças na sua estrutura química, o óleo em temperaturas muito altas também perde nutrientes, como os ômegas 3 e 6, que são grandes aliados do sistema cardiovascular e podem ajudar na prevenção de doenças e complicações, mas que são perdidos no processo de fritura.

Aumento do colesterol ruim

Como consequência dos dois fenômenos acima, as frituras são fatores que têm grande influência no aumento do colesterol ruim. Esse acontecimento no seu organismo pode ocasionar o entupimento de veias e artérias, além de gerar uma série de doenças cardíacas e causar até mesmo infartos e derrames.

Leia também: Álcool engorda? Veja os seus malefícios aqui

Agrava o envelhecimento

Com o aumento das gorduras saturadas resultantes do elevamento da temperatura do óleo nas frituras, o seu organismo passa a sofrer de um fenômeno chamado estresse oxidativo. Esse fenômeno está diretamente relacionado com o seu envelhecimento, que é, então, acelerado pelo consumo de alimentos fritos.

Estão fortemente relacionadas com a causa do câncer

De acordo com estudos recentes, as frituras estão fortemente relacionadas com a causa de diversos tipos de câncer. Entre eles, estão o câncer de próstata, de mama, pâncreas, pescoço, esôfago e pulmão.

Então, eu preciso evitar completamente as frituras?

Foto: Public Domain Pictures
Foto: Public Domain Pictures

Uma atitude tão radical quanto se livrar totalmente dos alimentos fritos na sua dieta não precisa ser tomada. Somente a redução do seu consumo por uma ou duas vezes na semana já trará grandes benefícios para a sua saúde. Além disso, experimente prepará-los com opções mais saudáveis de óleos, como o óleo de soja, girassol e milho.

O que é uma boa opção para substituir as frituras na dieta?

Para se adaptar à uma dieta livre de frituras, os grelhados são a aposta perfeita. Essa forma de cozinhar os alimentos garante que eles não percam os seus nutrientes, como é o caso no processo de fritura. Carnes de peixe e de frango são mais indicadas para esse processo ser mais fácil, uma vez que o seu cozimento é mais rápido do que os das demais carnes.

 


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Ela conseguiu perder 32kg!

Esposa Emagrece 32 kilos e Surpreende Marido que Estava Há 2 Anos no Haiti
Clique aqui!
Leia essa emocionante história!
Click Me