Início » Artigos » Alimentos Funcionais » Sucralose: Conheça os prós e contras do adoçante

Sucralose: Conheça os prós e contras do adoçante

Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Sabe aquele gosto residual amargo/metálico que alguns adoçantes possuem? A Sucralose não apresenta, pois é o único do gênero a ser produzido através da cana-de-açúcar. Bom para quem precisa cortar calorias, mas sem alterar o sabor dos alimentos.

A molécula da Sucralose é 600 vezes mais doce do que o açúcar. E ainda é lipossolúvel, ou seja, não fica acumulada nos tecidos gordurosos. Outro ponto positivo da substância é que ela não ultrapassa a placenta, além de não ser transferida para o leite materno.

O motivo: a eliminação da Sucralose acontece nas primeiras horas após seu consumo, sendo que em 13 horas ela é excretada intacta por nosso organismo.

Autoridades de toda a parte do mundo aprovaram a Sucralose, baseadas em pesquisas que atestam a não toxicidade da substância.

Ou seja, os estudos indicam que o adoçante à base de cana-de-açúcar não estimula o surgimento de tumores malignos, não afeta a imunidade, não prejudica o sistema nervoso central e não altera a glicemia. Para a maioria, a Sucralose pode ser consumida por todos, do diabético à gestante, da criança ao idoso.

sucralose

No caso dos diabéticos, o argumento é que o adoçante não influencia os níveis de glicose ou de insulina no sangue. Por isso, não oferece risco, e ainda serve de auxiliar no controle do consumo de carboidratos.

E olha outra boa notícia: o produto é uma alternativa no preparo de várias sobremesas, pois se comporta muito bem em altas temperaturas.

A Sucralose está presente em adoçantes de mesa, bolos, biscoitos, xaropes, enlatados, condimentos, bebidase alimentos lácteos.

O que é que a Sucralose tem…

A Sucralose é um adoçante com zero calorias que, ao contrário do aspartame, não quebra em temperaturas elevadas.

Para ele ser produzido, são substituídos três grupos hidrogênio-oxigênio por três átomos de molécula de açúcar. Assim, surge um adoçante intenso, mas sem calorias.

Em nosso organismo, a Sucralose não é degradada em energia, como acontece no caso do açúcar. Porém, tanto um quanto o outro ativa as mesmas papilas gustativas na língua.

Grande parte do adoçante não é absorvida, isto é, atravessa o corpo. O que sobra é eliminado por meio da urina.

Será que o consumo de Sucralose é mesmo seguro?

beneficios-sucralose

Apesar de o produto parecer uma unanimidade, há quem duvide que o adoçante seja realmente inofensivo à saúde.

Embora pesquisadores do mundo inteiro estudem frequentemente a Sucralose e defendam sua utilização sem ressalvas, opiniões contrárias vêm deixando muita gente com um gostinho amargo de apreensão.

Ou seja, é a turma que acredita fortemente que a substância faz mal, apesar de ser obtida a partir de um elemento natural, a cana-de-açúcar.

Estudos científicos tentam provar que o adoçante provoca danos como o surgimento de células cancerígenas, além de entender quais os efeitos químicos da Sucralose sobre o corpo.

Possíveis anomalias no desenvolvimento humano e consequências no sistema nervoso também são alvo de preocupação dos especialistas.

Porém, o que se sabe até o momento é que há um consenso sobre a liberação do consumo do adoçante, que tem permissão de uso em mais de 80 países. Inclusive nos Estados Unidos, pelo rigoroso US Food and Drug Administration.

O FDA regula a aprovação ou não de todos os aditivos alimentares sugeridos para consumo humano. Também não há indícios de que a Sucralose seja prejudicial para as crianças.

De qualquer forma, na dúvida sobre alguma condição especial de saúde, consulte sempre seu médico antes de inserir novas substâncias e produtos na sua dieta.

Cuide-se, e até breve!


Compartilhe!
  • 1
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Ela conseguiu perder 32kg!

Esposa Emagrece 32 kilos e Surpreende Marido que Estava Há 2 Anos no Haiti
Clique aqui!
Leia essa emocionante história!
Click Me